Segunda, 20 de Setembro de 2021 20:30
75 9 9173-8131
Geral

Lançamento do Livro Pirilampos da Caatinga

05/08/2021 10h23
446
Por: Redação Fonte: euclidesdacunha.com

Lançamento do Livro Pirilampos da Caatinga
O vaqueiro(a) é repleto(a) de força, simbologia, saberes, ancestralidade e muita fé. Entretanto, também padece com a invisibilidade e os estereótipos. Diante desse cenário, o fotógrafo Heitor Rodrigues mergulhou na Cultura Vaqueira de Uauá – BA, vivenciando, desde 2014, as expressões de um povo, suas labutas e celebrações, composições de um Universo densamente rico. Desse encantamento nasceu o projeto Pirilampos da Caatinga que utiliza a fotografia como um fomento à preservação da memória e a valorização dessas manifestações artísticas e culturais populares.

Duas curiosidades envolvem o trabalho: A primeira é que o ofício vaqueiro é registrado como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado da Bahia, através do Decreto no 13.150 de agosto de 2011, a julgar por sua importância histórica na formação cultural do território baiano. A segunda envolve a origem da palavra que nomeia o município. Uauá vem do dialeto Tupi- guarani, que significa vagalume, pairando a mística de que, quem nasce na “Terra da Luz” não é um habitante qualquer, mas sim um Ser Pirilampo, ou seja, com luz própria.

Os anos de convívio e fotografia resultaram na publicação de um livro, em formato físico e digital (pdf e e-pub), que será lançado no dia 07/08 (sábado), data que compõe a comemoração do início da semana da Cultura Nordestina. O público poderá acompanhar a transmissão da live de lançamento no canal do Youtube, Pirilampos da Caatinga, às 19h30. (https://www.youtube.com/channel/UCE5DR_dJL1OHLmQMXiN0XEA). Além disso, haverá uma exposição fotográfica vitual na plataforma digital Flickr e uma galeria de imagens no site do projeto, com duração de acesso atemporal, servindo como um espaço de memória coletiva e de valorização cultural dos vaqueiros, contribuindo com a sua visibilidade, dizibilidade e reconhecimento, alicerçada pelas fotografias.

O livro Pirilampos da Caatinga conta com prefácio do fotógrafo Ricardo Prado e possui 144 páginas, composto por 145 fotografias, em preto e branco, mesclado com epígrafes oriundas de conversas informais, cordéis, depoimentos, fragmentos de lembranças e soneto, almejando o poder polissêmico da arte através da oralidade, tão marcante na Cultura Vaqueira. Esse registro etnográfico inclui a cobertura das Missas do Vaqueiro, nos anos 2014 e 2015, além de 7 anos de visitas ao município, escutas e observações da lida dos vaqueiros, em 2021, nas Fazendas Ipoeira Grande, Santana, Umbuzeiro, Área, Pedra do Olho D’água e Logradouro do Juvenal.

Cabe destacar que, como contrapartida, retribuição e fomento à Cultura Vaqueira, um percentual dos exemplares será destinados para todas as 22 escolas do município de Uauá, além de associações, comunidades e aos vaqueiros e vaqueira participantes. Outra parte será disponibilizado para venda, pelo valor de R$ 100,00 e pode ser adquirido através do e-mail [email protected] e pelo site www.pirilamposdacaatinga.wixsite.com/site. A versão digital pode ser acessada, gratuitamente, no site da P55 Edição.

O processo de produção do livro foi realizado em total conformidade com as orientações da Organização Mundial de Saúde para a prevenção e contenção da pandemia da COVID-19. O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Sobre o artista visual Heitor Rodrigues – Fotógrafo, engenheiro civil e mestrando em Geotecnia pela UFPE. Realiza trabalhos de fotografia desde 2014 na HR Fotografias. Na sua trajetória, destacam-se participação em leituras de portfólio, trabalhos editoriais e de arte- educação. Em 2017 teve duas fotografias publicadas na segunda edição da Revista Lavoura e no ano seguinte, produziu a exposição fotográfica Saneamento Básico: uma linha temporal de ações e desenvolvimento, no V Congresso Baiano de Engenharia Sanitária e Ambiental, ocorrido na Universidade Federal do Vale do São Francisco. Entre os trabalhos autorais, foi selecionado para o projeto Se Mostra Interior da Fundação Cultural do Estado da Bahia, com o projeto fotográfico Aventura é Ser Criança. Em 2020, foi selecionado no Edital Arte Contra a Pandemia, promovido pela Prefeitura de Juazeiro, com os projetos fotográficos autorais Invisível Jornada e Novo Retrato. Ainda nesse ano, foi premiado no Edital Usinas Culturais, onde publicou um e-book e uma exposição virtual do projeto Juazeiro: Luz e Sombra, em parceria com a Poeta e Fotógrafa Pók Ribeiro, além de ter sido premiado na categoria Criação e Produção de Livros de Artes Visuais do edital Jorge Portugal das Artes, promovido pela Fundação Cultural do Estado da Bahia, com o projeto Pirilampos da Caatinga.

ACESSE O PROJETO

https://pirilamposdacaatinga.wixsite.com/site https://www.instagram.com/pirilamposdacaatinga/ https://www.facebook.com/pirilamposdacaatinga/
Ascom / Cláudio Rodrigues, Heitor Rodrigues e Paulo Ferreira
Fotos: divulgação

    * O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
    Ele1 - Criar site de notícias