°C °C
Publicidade

Voltalia chega a Canudos para promover o desenvolvimento sustentável e gerar emprego e renda para o município e região

03/05/2022 às 18h08
Por: PROVISÓRIO Fonte: Voltalia.com (CanudosAcontece)
Compartilhe:

Com um modelo de negócios totalmente integrado e presente no Brasil há mais de 15 anos, a Voltalia chegou na bela cidade de Canudos, um dos principais ícones do turismo histórico-cultural, localizado no nordeste do Estado.    

 

A Voltalia está construindo em Canudos um complexo eólico que abrange, além da cidade, os municípios de Jeremoabo e Euclides da Cunha. Com investimentos de R$ 2 milhões e geração de 1034 empregos diretos e indiretos, depois de instalada deve gerar energia eólica equivalente para abastecer 200 mil famílias. 

 

O portal de notícias Canudos Acontece entrevistou o Gerente de Projetos da Voltalia, Francisco Petribu para falar sobre o plano de negócios da empresa na cidade de Canudos e região.  

 

Quem é a Voltalia?

 

A Voltalia é uma das maiores empresas globais do setor de energias renováveis. O grupo produz e vende eletricidade gerada a partir de instalações eólica, solar, hidráulica, de biomassa e de armazenamento que possui e opera. No Brasil desde 2006, contamos com mais de 1 GW em operação e construção, sendo que a maioria dos empreendimentos ficam localizados no Rio Grande do Norte, onde a empresa possui o cluster Serra Branca, com previsão de atingir 1,3 GW ainda em 2022. Para a companhia, o país é de extrema importância já que possui todos os atributos para uma transição energética limpa e com menos impacto ao meio ambiente. Além do Rio Grande do Norte, estamos diversificando regionalmente no Brasil e expandimos nossos negócios, mais recentemente, para os estados de Minas Gerias e Bahia. Na Bahia, estamos desenvolvendo em Canudos nosso novo cluster, cuja capacidade pode atingir mais de 1 GW. 

 

A Voltalia em Canudos

 

A empresa está construindo em Canudos um complexo eólico que abrange, além da cidade, os municípios de Jeremoabo e Euclides da Cunha. A região possui localização privilegiada por suas condições de vento e está a 250km de Aracajú e 405 km de Salvador.

 

Com capacidade instalada de 99,4MW de energia eólica, o equivalente ao abastecimento de 200 mil famílias brasileiras, as obras do complexo irão impulsionar o mercado de trabalho e a economia local, além de promover o desenvolvimento socioambiental da região.

 

Qual o objetivo da empresa com esse plano de expansão na Bahia e em especial na cidade de Canudos?

 

O Brasil é um país estratégico para a companhia por conta da sua condição climática, com geração, durante o ano inteiro, de sol e vento, que são essenciais para a produção de energia renovável. E o Nordeste é uma região que consegue contemplar tais recursos por conta da sua localização privilegiada com fortes corredores de vento e sol em abundância. Como parte da diversificação do portfólio da companhia, a região de Canudos tem todos os atributos para a geração de energia limpa e pode contribuir muito para a mudança da matriz energética da qual o Brasil tanto precisa, deixando de lado fontes poluentes e que acabam com as riquezas naturais do país.

  

O que levou a escolher a Bahia e Canudos? 

 

Conforme já comentando anteriormente, estamos diversificando nosso portfólio no país. E a Bahia e o Nordeste possuem todos os atributos para a geração de energia limpa e mais barata para a população. A Bahia, por exemplo, é vice-líder na produção de energia eólica, contribuindo para a segurança no fornecimento de energia e para o abastecimento de fonte limpa, renovável e competitiva. Além disso, todos os projetos da Voltalia são pensados com a missão de melhorar o ambiente global promovendo o desenvolvimento local. E estamos fazendo exatamente isso na região de Canudos, oferecendo oportunidades de geração de renda e contribuindo por meio de ações socioambientais para a melhoria de vida da população.

 

Qual a quantidade de empregos diretos e indiretos gerados para o município de Canudos e região?

 

Até o momento, 1034 empregos diretos e indiretos foram gerados, com 50% da nossa força de trabalho formada por mão de obra local por moradores da região. Com isso, a empresa pode mudar a história de muitas famílias, dando acesso ao mercado de trabalho e renda.

 

Qual investimento envolvido com a implantação desse parque eólico?

 

Até o momento, já foram investidos R$ 2 milhões. E a empresa pretende investir mais R$ 10 milhões nos próximos 15 anos.

 

Qual a importância desse empreendimento para a Bahia?

 

A Bahia tem muito potencial para ser referência na produção de energia renovável no país. Nosso Complexo Eólico na região vai impulsionar ainda mais essa capacidade do estado, com investimento financeiro, socioambiental e tecnológico.

 

Mensagem da Voltalia 

 

Quero aproveitar a oportunidade para ratificar que estamos no Brasil há mais de 15 anos atuando com muita seriedade e responsabilidade para melhorar o ambiente global promovendo o desenvolvimento local. Isso significa que além dos nossos empreendimentos, apoiamos e desenvolvemos iniciativas socioambientais na nossa área de atuação, visando contribuir para o fortalecimento dessas atividades. 

 

Isso se traduz em números, já que, até hoje em todo o país, apoiamos mais de 100 iniciativas socioambientais e beneficiamos mais de 300 mil pessoas das comunidades do entorno dos nossos empreendimentos

 

Estamos sempre abertos ao diálogo com a população, tanto que periodicamente realizamos a CAE – Comissão de Acompanhamento do Empreendimento –, em que trazemos informações sobre o andamento da obra, apresentamos todas as nossas ações sociais e ambientais desenvolvidas e abrimos um espaço para que todos tragam suas considerações sobre o projeto e de que forma a Voltalia pode contribuir com as demandas locais.

 

Além disso, realizamos aqui na região cursos de qualificação profissional, abrimos edital e selecionamos vários projetos sociais, distribuímos cestas básicas e doamos equipamentos para mitigar os impactos da Covid-19.  Ano passado, também realizamos a Expedição de Saúde e Social, em Canudos. A ação contou com o apoio de mais de 30 profissionais que atenderam os moradores da região com suporte médico, odontológico, fisioterapêutico, psicológico e social.

 

Nesta semana, promovemos ação educativa com estudantes da rede municipal de Canudos. Para ensinar de forma lúdica sobre a geração de energia eólica e seus benefícios, a Voltalia distribuiu para os alunos primeiro ao quinto ano da Escola Municipal Nossa Senhora do Rosário, na Comunidade do Rosário, o material educativo “A energia que vem do vento”, contando com o apoio da Secretaria Municipal de Educação. A entrega foi marcada por momentos de aprendizado, quando as crianças ouviram atentas a contação de histórias e puderam tirar dúvidas sobre o tema. 

 

Outra ação que tem sido recorrente é a parceria com as Severinas, como são conhecidas as costureiras do Ateliê Forte Severina, localizado na comunidade do Raso, no município de Canudos, na Bahia. Ao todo, mais de 600 itens, entre máscaras, bolsas e camisas, foram encomendados pela Voltalia. Além de contribuir com o enfrentamento da pandemia, a iniciativa colaborou com a geração de renda das Severinas.  Além das máscaras, a Voltalia já encomendou eco bags e uniformes que serão direcionados aos colaboradores da empresa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
21h00 Nascer do sol
21h00 Pôr do sol
Ter ° °
Qua ° °
Qui ° °
Sex ° °
Sáb ° °
Atualizado às 21h00
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,60 +0,00%
Euro
R$ 6,10 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,63%
Bitcoin
R$ 403,420,24 +0,88%
Ibovespa
127,616,46 pts -0.03%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias